Esportes

Guarany empata fora de casa com a Abelc
11/08/2014date_range Redação Sistema EPUperson
Guarany empata fora de casa com a Abelc

Fonte: Espumoso

Na noite de sábadp, o Clube Atlético Guarany foi ao município de Boa Vista do Buricá enfrentar a ABELC, em jogo válido pela primeira rodada do returno do Estadual Série Bronze 2014.
 
Mesmo com as ausências do pivô Bipe, suspenso, e do ala-direito Daniel Ottoni, lesionado, o índio espumosense foi valente e trouxe na bagagem um ponto e a manutenção da liderança da chave 5.
 
Na chegada da delegação do Guarany no ginásio São José, o clima começou a esquentar quando um dos diretores da ABELC ameaçou o jovem atleta Ivan do Guarany.
 
Dentro de quadra, o clima continuou quente. Houveram expulsões de integrantes da comissão técnica da ABELC e do Guarany, alguns jogadores e torcedores da ABELC tentavam intimidar e pressionar a arbitragem e os jogadores do Guarany, e por alguns momentos o jogo foi paralisado por conta de confusões entre jogadores e torcedores no banco de reservas do Guarany.
 
Mas mesmo com todo esse clima pesado e desagradável, e, com os desfalques, o Guarany teve maturidade suficiente para desenvolver um bom futsal contra um adversários muito forte.
 
Como era esperado, o jogo começou bastante difícil para o Guarany que optou por uma marcação meio de quadra para aguentar os primeiros minutos de pressão do time da casa. A ABELC partiu para cima do Guarany e nos 5 primeiros minutos de jogo já havia criado várias chances de gols. Até que aos 5min19segs o pivô Ivan Leidens abriu o marcador para a ABELC, através de um desvio de cabeça que enganou o goleiro Rafael Missio.
 
Em desvantagem no placar, o técnico Rodrigo Sebastiani realizou algumas substituições e também subiu a marcação, fazendo com que o jogo ficasse mais equilibrado. Porém, aos 14min21segs o Guarany sofreu o segundo gol, quando o árbitro não marcou falta no pivô Ivan no meio da quadra e no contra-ataque Markinhos mandou uma bomba no ângulo de Rafael Missio. 
 
A reação do Guarany começou logo em seguida, aos 14min39segs nos pés do capitão Gélson, quando este chutou forte do meio da quadra e Cemin, bem colocado dentro da área, desviou a bola e mandou para o fundo das redes do goleiro Murilo, descontando para 2 a 1.
 
Mais estabilizado na partida, o Guarany queria o gol de empate ainda no primeiro tempo. Com o adversários com as cinco faltas estouradas, o Guarany dificultava as ações defensivas da ABELC, sendo que aos 18min54segs o pivô Léo Comin sofreu falta violenta do jogador Evandro que tomou o segundo cartão amarelo e foi expulso de quadra. Com a falta, a bola foi para a marca do tiro-livre, e Matheus Todeschini cobrou com muita categoria e empatou o jogo em 2 a 2.
 
No segundo tempo, o Guarany voltou melhor e mais equilibrado. O jogo ficou parelho e muito emocionante. O goleiro Rafael Missio começou a aparecer com grandes defesas e o Guarany também criava e desperdiçava chances de gols. 
 
Mas aos 13min34segs, o capitão Gélson, de grande atuação, recebeu um passe na ala esquerda, e como nos velhos tempos, mandou um canhão e virou o jogo para o índio, para delírio dos torcedores e dirigentes que se faziam presentes no ginásio.
 
Com o placar adverso, o time da casa passou a ficar nervoso e errar muitos passes. A arbitragem começou a marcar falta em cima de falta contra o Guarany, fazendo com que antes dos 10 minutos do segundo tempo o Guarany estourasse as faltas coletivas.
 
O Guarany tentava se aproveitar do nervosismo da ABELC e tocava a bola com tranquilidade e ainda perdeu algumas chances de aumentar o placar. Faltando menos de 2 minutos para o fim do jogo, a ABELC passou a usar o goleiro-linha e a pressão passou a ser enorme. Até que faltando 7 segundos para o final do jogo, a arbitragem, muito pressionada, assinalou pênalti duvidoso para o time da casa, que Pablo bateu forte e rasteiro para empatar o jogo em 3 a 3 e dar números finais a partida.
 
Ao final do jogo, muitas contestações dos jogadores, comissão técnica e diretores do Guarany contra o pênalti assinalado pela arbitragem e contra as atitudes de alguns diretores e jogadores da ABELC, haja visto que, na semana passada a delegação da ABELC havia sido muito bem recebida em Espumoso.
 
O Guarany saiu jogando com: Rafael Missio, Gélson, Spada, Lucas e Bié. Depois: Ivan, Léo Comin, Gabriel, Cemin, Gílson Jr., Matheus Todeschini e Pedrassani. Também compôs o banco o jovem Guilherme Strelow e Daniel Ottoni que estava lesionado. Técnico Rodrigo Sebastiani.
 
A ABELC começou o jogo com: Murilo, Josemar, Evandro, Fernando e Ivan Leidens. Banco: Clasmann, Marcinho, Edson, Markinhos, Pablo, Vágner, Matheus e Lukinhas. Técnico Alexandre Ott.
 
Arbitragem de Lourival Miguel Sestari e Luciano de Mello Balestieri.
 
Para a direção, apesar do gol nos segundos finais que tirou a vitória, o resultado foi considerado bom pelas circunstâncias de enfrentar uma equipe forte, fora de casa e sair perdendo por 2 a 0. E também, pelo fato de estar sem o Bipe e o Daniel Ottoni, atletas muito importantes no elenco. O Guarany mostrou que tem um elenco forte, unido e focado, pois mesmo com a garotada entrando em quadra, a equipe manteve o mesmo nível técnico e tático.
 
Com o resultado o Guarany mantém-se na liderança da chave 5 com 8 pontos. No outro jogo da chave a APF venceu o América por 4 a 1. Com os resultados a classificação do grupo A ficou assim:
 
1° Guarany 8 pts.
2° APF 7 pts. 3 gols de saldo
3° ABELC 7 pts. 0 gols de saldo
4° América 0 pts. 
 
No próximo sábado o Guarany vai a Santa Maria enfrentar o América, enquanto a APF recebe a ABELC.
 
Os demais resultados da rodada foram os seguintes:
 
Passo Fundo: APEO 3x1 União
Horizontina: Horizontina 0x4 Guarani de Camargo
Selbach: SASE 4x3 Garra
Caxias do Sul: Juventude 3x1 Tupan (jogo encerrado aos 11 minutos do segundo tempo por conta de confusões extra-quadra).
 
Redação Sistema EPU
Publicado por Redação Sistema EPU

Editoria

Guarany empata fora de casa com a Abelc

Veja Também

09/04/2020date_range
Gesto de solidariedade

Nesta manhã de quinta, 09/04, acompanhamos a entrega das cestas básicas doadas pelo jogador ibirubense...

Ler mais

Enviando