Segunda-feira

Max. 30 ºC

Min. 10 ºC

Ver Mais

Notícias

Réptil fóssil de mais 230 milhões de anos é identificado no interior do Rio Grande do Sul

09/05/2018

Réptil fóssil de mais 230 milhões de anos é identificado no interior do Rio Grande do Sul
Foto:

Um réptil fóssil pré-histórico que viveu há aproximadamente 237 milhões de anos foi identificado no interior do Rio Grande do Sul por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

De acordo com o líder da pesquisa, o doutorando Marcel Lacerda, não é possível saber com exatidão o local em que o fóssil foi encontrado já que ele foi doado anonimamente para o Museu Municipal Aristides Carlos Rodrigues, do município de Candelária, no Vale do Rio Pardo, durante o período do natal em 2015.

Entretanto, com a análise dos elementos químicos presentes, além das características da espécie e o período da formação, a pesquisa indica que é bastante provável que o fóssil venha mesmo da região da Candelária. 

Segundo Lacerda, o Pasgosvenator era um animal de médio porte, com até três metros de comprimento, e, com base na comparação com outras espécies semelhantes já conhecidas, existe forte evidência de que seria um quadrúpede. Os dentes longos e recurvados indicam que o animal apresentava uma dieta carnívora, possivelmente baseada em pequenos e médios animais.


Fonte: Correio do Povo 

Comentários

Mais Notícias

Ver todas