Segunda-feira

Max. 30 ºC

Min. 10 ºC

Ver Mais

Notícias

Morre aos 43 anos na Austrália a aranha mais velha do mundo

02/05/2018

Morre aos 43 anos na Austrália a aranha mais velha do mundo
Foto: Leanda Mason / Curtin University / AFP / CP

A aranha mais velha conhecida morreu na Austrália aos 43 anos, anunciou um grupo de cientistas, que informaram que o aracnídeo teria sucumbido à picada de uma vespa. O espécime, uma Gaius villosus, aranha da subordem dos migalomorfos, superou com folga o recorde anterior, que era de uma tarântula mexicana falecida aos 28 anos, segundo estudo publicado no Pacific Conservation Biology Journal.

No entanto, a aranha australiana não morreu devido à idade avançada, mas devido à picada de uma vespa, indicaram os pesquisadores à AFP. Batizada de "número 16", esta aranha permitiu aos cientistas saber mais sobre o comportamento da espécie, encontrada em todo território australiano. Foi descoberta em 1974, ao se iniciar um estudo sobre as aranhas escavadeiras (que cavam tocas) no centro da região de Wheatbelt, pela especialista australiana Barbara York Main, que atualmente tem 88 anos.

O estudo também permitiu entender melhor as ameaças humanas que afetam a espécie, como as mudanças climáticas e o desmatamento. As aranhas escavadeiras podem viver entre cinco e 20 anos.

Fonte: Correio do Povo 

Comentários

Mais Notícias

Ver todas