Segunda-feira

Max. 30 ºC

Min. 10 ºC

Ver Mais

Notícias

Por José Luís De Mello Ortis: SASE precisa ser respeitada como clube e como time

20/04/2018

Por José Luís De Mello Ortis: SASE precisa ser respeitada como clube e como time
Foto:

SELBACH I – Tenho acompanhado o esforço e o trabalho dos dirigentes da SASE, desde sua participação na série Bronze, na Prata e, hoje na condição de equipe que participa da elite das melhores equipes do Estado, ou seja, a Liga Gaúcha que inicia ainda neste mês de abril. O trabalho é muito difícil, pois, em se tratando de um município de apenas cinco mil habitantes, os dirigentes fazem muitas vezes verdadeiras mágicas para a manutenção da equipe no cenário estadual de futsal.
SELBACH II – Escrevo e detalho alguns aspectos relacionados à equipe da SASE, pois, tenho notado que alguns setores da imprensa, e não são todos, têm definido que a equipe da SASE, com o plantel que tem, correria o risco de cair para a série Prata ao final desta edição. 
SELBACH III – Destaco que o campeonato ainda nem começou. É muito precoce para se ter uma análise deste tipo diante de um clube que precisa ser respeitado e um time de jogadores que foram escolhidos a dedo pela direção e comissão técnica. Aliás, jogadores rodados que já participaram de equipes consideradas grandes do salonismo gaúcho, portanto, experiência não falta. Quem sabe um ou dois reforços para encorpar ainda mais a equipe seria importante.
ENTENDO – A equipe está aproveitando a Copa Sicredi em busca de um melhor entrosamento, pois são partidas oficiais e, não é somente a SASE, mas todas as equipes que participam desta competição estão fazendo suas análises e a SASE não é diferente das demais. A Liga que inicia ainda neste mês terá equipes que, além de terem uma estrutura financeira melhor e com municípios com números de habitantes muito superior ao de Selbach, tem condições de realizarem investimentos maiores.
O QUE É PRECISO – É preciso entender que a SASE não caiu de paraquedas nestas competições. Teve seus méritos, chegou por suas condições próprias, de muito esforço de dirigentes, atletas comprometidos com o clube e uma torcida que está dando sua resposta comparecendo ao modulo sempre em grande número, o que ajuda, através dos ingressos, na manutenção da equipe nestas competições.
NA LIGA – Gaúcha, que terá seu início ainda neste mês de abril, muitas equipes, consideradas as grandes do salonismo do Estado e do Brasil, estarão desfilando no modulo esportivo de Selbach, o que significa grandes confrontos durante este ano.

José Luís De Mello Ortis

Comentários

Mais Notícias

Ver todas