Segunda-feira

Max. 30 ºC

Min. 10 ºC

Ver Mais

Notícias

Canal Futura oferece projeto para Ibirubá

13/04/2018

Canal Futura oferece projeto para Ibirubá
Foto: Prefeitura Municipal de Ibirubá

Na tarde de 05/04, o Canal Futura e o Cededica, de Passo Fundo, apresentaram um projeto para um trabalho com uma parcela da juventude de Ibirubá na sala de reuniões do CRAS.

 

Participaram da reunião a secretária de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Mariana Ribas Moraes, e um grupo de gestores vinculados à Prefeitura Municipal, que trabalham com jovens que se encontram numa situação diferenciada, como o EJA, através da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Teresinha, o Projovem, através do CRAS, e jovens sob medida socioeducativa, através do Simase.

O Canal Futura apresentou o Projeto Maletas Futura, que oferece materiais temáticos para reflexões sobre determinados temas. “O Maletas Futura traz ferramentas para termos outro olhar sobre a juventude, para fazermos uma alteridade com eles, nos colocando no lugar deles e tentando ver, do ponto de vista deles, como encaram os modelos de educação, de sociedade, de cidadania, procurando atender as suas expectativas”, explicou a secretária Mariana.

O Projeto contêm um acervo recente e instigante do Canal Futura e indicações de outras fontes audiovisuais (filmes, documentários, sites etc.), valorizando o potencial provocador e reflexivo do acervo. Somam-se a esse material, textos inéditos e produtos lúdicos. “São mais de 60 vídeos elaborados por jovens sobre os mais diversos temas: homofobia, drogas, cidadania, política, meio ambiente, ecologia”, salientou a secretária.

Pelo trabalho já desenvolvido pelo município nas áreas de Educação e Social, Ibirubá foi recomendado pelo Fórum local, através do juiz de direito Dr. Ralph Langanke, para o Cededica – Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, de Passo Fundo, que tem parceria com o Canal Futura, do Rio de Janeiro. “Eles fizeram uma simulação do que seria esse novo trabalho com os jovens. Num primeiro momento, vai durar dois anos com monitoramento do Canal Futura regular. Conforme o desenvolvimento das atividades com os grupos de jovens, o projeto poderá render materiais para outros municípios, se o trabalho aqui for diferenciado”, revelou Mariana

Fonte: Prefeitura Municipal de Ibirubá 

Comentários

Mais Notícias

Ver todas