Segunda-feira

Max. 30 ºC

Min. 10 ºC

Ver Mais

Notícias

Grupo de Reeducação Alimentar reiniciará os encontros no dia 15

12/03/2018

Grupo de Reeducação Alimentar reiniciará os encontros no dia 15
Foto:

Pessoas interessadas podem participar do Grupo gratuitamente, com encontros mensais na terceira quinta-feira de cada vez. As reuniões acontecerão na sala de reuniões da Secretaria de Saúde, sempre às 9 horas.

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Ibirubá oferece a atividade de Reeducação Alimentar gratuitamente à população interessada. Não é necessário fazer inscrição e qualquer pessoa pode participar sem custo nenhum: quem busca qualidade de vida através de uma alimentação saudável, quem deseja o emagrecimento saudável e definitivo ou aquelas que têm encaminhamento de profissionais de Saúde.

A atividade tem a coordenação da nutricionista da Secretaria de Saúde Clarice Borges. Além do acompanhamento nutricional realizado por ela, outros profissionais também participam das reuniões. “Eu sempre convido um palestrante para falar de um assunto relacionado à Saúde. Faço também uma fala sobre a Reeducação Alimentar e uma avaliação nutricional de cada participante. Ele recebe uma carteirinha para acompanhamento, onde anotamos os dados dele, como peso, aferição de glicose e pressão”, explicou a nutricionista.

Os encontros de 2018 iniciarão no próximo dia 15/03, às 9 horas, na sala de reuniões da Secretaria de Saúde, na Rua Mauá, se estendendo de março a dezembro.

Para mais informações ou esclarecimentos, as pessoas podem entrar em contato com a Clarice, em seu consultório junto ao Posto Odontológico, na Rua Sete de Setembro, ou através do telefone (54) 3324-1655.

 

Saiba mais sobre a Reeducação Alimentar

A Reeducação Alimentar visa aprender a ter uma alimentação mais saudável, comendo de tudo em quantidades moderadas, sem radicalismos. “Muitas vezes as pessoas buscam na Internet, nas redes sociais, uma dieta da moda, um jejum intermitente, uma dieta drástica ou retiram totalmente da dieta um nutriente, como a farinha, por exemplo, sem a manifestação da doença celíaca. Isto não é saudável. Não é Reeducação Alimentar. Nós, profissionais da Nutrição, somos contra”, esclareceu Clarice Borges, nutricionista da Secretaria de Saúde de Ibirubá.

A pessoa que buscou um emagrecimento através de uma das situações acima, pode até perder peso, pois ela perde massa magra (músculos e proteína) e líquido corporal. Mas, depois volta a comer novamente, pois não consegue manter aquela dieta em definitivo e volta ao estado anterior. “Gordura corporal se perde com tempo, com Reeducação Alimentar, mudanças de hábito e de estilo de vida”, ressaltou Clarice.

Com a Reeducação Alimentar, as pessoas aprendem a comer de maneira saudável para sempre. Com isto, melhoram a sua qualidade de vida, principalmente, se agregarem outros hábitos saudáveis em sua rotina diária.

 
Fonte: Prefeitura Municipal de Ibirubá 

Comentários

Mais Notícias

Ver todas