Segunda-feira

Max. 30 ºC

Min. 10 ºC

Ver Mais

Notícias

Rota turística rural pode virar realidade em Ibirubá

17/11/2017

Rota turística rural pode virar realidade em Ibirubá
Foto: Prefeitura Municipal de Ibirubá

O Programa Turismo Rural do Senar prevê a realização de 10 etapas sob a condução e a orientação do Turismólogo Erich Ramm. O início da capacitação foi em julho passado. Nos dias 31/10 e 1º/11, o grupo participante foi desafiado a criar um roteiro de visita em suas propriedades, como uma prévia para iniciar a construção de uma Rota Turística Rural em Ibirubá.

“O roteiro foi como um teste aos empreendedores para eles mostrarem o que tem de bom em suas propriedades, que possa ser um atrativo e de interesse ao público visitante. E a nossa percepção foi a melhor possível”, revelou a secretária Mariana Ribas Moraes da Educação, Cultura, Turismo e Desporto do município. Segundo ela, o instrutor do Senar Erich ficou muito impressionado com o que viu junto às propriedades dos participantes.

A visita ao roteiro foi feita pelo próprio grupo, acompanhado de alguns convidados, como a secretária Mariana, servidor Gustavo Roberto Schroeder e o prefeito Abel Grave.

O roteiro iniciou no dia 31/10, às 9 horas, com a recepção na Casa do Artesanato, junto à Casa de Cultura Osvaldo Krames; se deslocando para a propriedade de Luiz Bourscheid (Linha Quatro), que possui rio e mata nativa, além de uma agroindústria; e almoçando uma Galinhada de Tacho na Comunidade da Linha Cinco. À tarde, seguiu para a propriedade de João Bourscheid (Linha Pulador Sul) com passeio de trator com carreta, e ainda tendo um momento com Caroline Soares, que ofereceu uma oficina sobre tradição gaúcha.

No dia 1º/11, o roteiro iniciou às 9 horas na Agroindústria de Maria Luiza Prestes (Linha Três), seguindo para a Agroindústria de Renati Knak (Linha Pulador Norte), ambas com produtos coloniais sem adição de conservantes. O roteiro teve o encerramento na propriedade de Lecian Conrad (Linha Quatro) com a Trilha dos Sentidos.

Mariana comentou que o grupo ficou realizado com este primeiro ensaio. “Eu acredito muito no potencial turístico deste grupo. E sabemos que temos outros empreendimentos rurais no município que ainda não despertaram para o Turismo”, destacou a secretária.

O objetivo maior da Secretaria é facilitar a agregação de valores nas propriedades participantes e trazer uma movimentação no setor Turístico para Ibirubá.

Conforme explicou Mariana, como prestador de serviço ao público, neste caso, o poder público tem o papel de criar e oficializar a rota, colocar uma infraestrutura até o portão do proprietário que permita aos empreendedores apresentarem uma rota de qualidade aos visitantes. “Das porteiras para dentro a responsabilidade é do proprietário investir em seu empreendimento”, enfatizou a secretária.

A capacitação continuará acontecendo, cumprindo o cronograma do Programa Turismo Rural. Quando o roteiro apresentar as características necessárias para um Turismo Rural oficial, será criado um nome e a Rota será declarada e registrada de fato. O Comaja auxiliará na instituição da Rota junto aos órgãos competentes do Estado e na divulgação do Roteiro.

 

Como começou

No início de 2017, o Departamento de Cultura e Turismo, sabedor de que o Ministério do Turismo oferece muitas possibilidades de recursos para o desenvolvimento do setor, buscou parcerias para construir um Projeto Turístico, dentro da vocação e das habilidades da população rural de Ibirubá.

A iniciativa teve a adesão de Sindicato Patronal Rural (parceiro do Senar-RS), Emater/RS-Ascar, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Comaja, através do Departamento de Turismo. Assim, o Departamento fez um chamamento aos empreendedores interessados, visitando as propriedades do município para participarem do Programa Turismo Rural.

Oito empreendedores do município aderiram ao Programa de 220 horas de capacitação gratuita. Através de 10 etapas, o Grupo será preparado para organizar a propriedade para o Turismo, sendo criada uma Rota Turística Rural em Ibirubá, a exemplo de outros municípios na região do Alto Jacuí.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Ibirubá 

Comentários

Mais Notícias

Ver todas