Esclerose Múltipla: doença que ataca o sistema nervoso central

Esclerose Múltipla

Entre as doenças que atingem o sistema nervoso central, a esclerose múltipla é uma das mais comuns entre adultos jovens, segundo dados da Associação Brasileira de Esclerose Múltipla. Segundo a Associação, a doença atinge principalmente as mulheres e é mais comum na faixa dos 20 aos 50 anos.  A enfermidade compromete o sistema nervoso central e prejudica o controle das atividades conscientes e inconscientes no organismo, provocando vários sintomas, como alterações na fala, fadiga, perda da memória e do equilíbrio e sensação de formigamento. Segundo a neurologista do Hospital Federal Cardoso Fontes, no Rio de Janeiro, Maria Beatriz Vieira, a causa da esclerose múltipla ainda é desconhecida, mas há tratamentos que podem amenizar o problema:

“Existem tratamentos que são feitos no surto, que são praticamente tratamentos antiinflamatórios, com doses altas, que tentam frear esse processo inflamatório da esclerose múltipla, e existem os tratamentos a longo prazo, que uma vez diagnosticado de esclerose múltipla, o paciente é submetido para que se evite que um novo surto aconteça.”

A neurologista Maria Beatriz Vieira explica também que, como em grande parte das vezes os sintomas da doença são pouco notados, muitas pessoas acabam não procurando por orientação médica. Por isso, a especialista faz um alerta: para evitar o avanço da doença,  as avaliações neurológicas devem ser frequentes na rotina de todos nós:

” A orientação é para qualquer pessoa que tenha sintoma neurológico procure um neurologista para que ele seja avaliado. Ela pode se curar até espontaneamente, ou uma pessoa que apresentou um lado paralisado por conta da esclerose múltipla e não recupera totalmente a força, ela volta a andar, mas não totalmente como era antes. Então pode acontecer da pessoa ficar com seqüelas.”

Por enquanto, não há cura para a esclerose múltipla. Mas, dependendo da evolução da doença, o paciente pode manter uma vida normal, contanto que seja acompanhado por um especialista.